Escritos Achados e Perdidos

Minha bandeira exposta

Quando ouvi que não chegaria onde cheguei por ser “como pareço”, refleti e constatei: cheguei por ser quem sou.

Manifesto de todo dia

Sempre ouvi dizer que devemos viver Todo dia como se fosse o último.Então, se é pra ser o último, que seja sábado. Sábado é o

Sextou

O brasileiro é apressado. Já reparou? Nem terminaram de servir o banquete. Calma, gente. É cedo demais para escolher um lado. Seja frio, fique tranquilo.

Efemeridades

enquanto prova outros saboresando à deriva por entre luasfaço de conta que sou suaem inundadas horasem incontáveis chuvasenquanto vive o sonho aos paresque brilha e

O luto é luta

A hora da tristeza é sempre a hora da verdade. É quando se reconhece as atitudes das pessoas, os amigos, os inimigos silenciosos… É quando

O que torna a vida especial

Ultimamente, tem-se falado muito em empatia. Empatia por pobres, mulheres, negros, pardos, gays, gordos, ou gente sem definição. Não, esse não é um post contra

A era do faz-de-conta

Há quem faça da própria vida um faz-de-conta. Essas pessoas fazem de conta desde a mais ínfima das tarefas até mesmo as grandes coisas. Quer ver só?

Miss Blue recusa

se sua boca só dá conta da cerveja que transborda, não venha beber do meu amor.

O que move a montanha?

O ser humano tem uma necessidade nata de provar o contrário para todo mundo. Muitos, frente a uma situação humilhante, vão lá e provam que

Amorance

amor não é romance. amor sem romance também não.