Escritos Achados e Perdidos

depressa aos poucos

se morre um pouco por dia
quase não sente o corpo cair
mas ao morrer tudo de uma vez
impossível não sentir o chão comer
as mãos os pés os planos a fé
não interessa com quantas letras
escrevam o adeus no jazigo
melhor seria ouvir em vida
todos os dias ao pé do ouvido

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin

Minha bandeira exposta

Quando ouvi que não chegaria onde cheguei por ser “como pareço”, refleti e constatei: cheguei por ser quem sou.

Manifesto de todo dia

Sempre ouvi dizer que devemos viver Todo dia como se fosse o último.Então, se é pra ser o último, que seja sábado. Sábado é o

Sextou

O brasileiro é apressado. Já reparou? Nem terminaram de servir o banquete. Calma, gente. É cedo demais para escolher um lado. Seja frio, fique tranquilo.