#contoacontagotas #2

Ela crava as unhas na minha pele. Vejo as pontas afiadas formando pequenos arcos que terminam em esfoliações. Olho em seus olhos. Ela, poderosa, nem pensa em dar trégua. Eu, feito estátua, aguento até que adormeçam. Ela e meu braço.

1 comentários em “#contoacontagotas #2

%d blogueiros gostam disto: