O que não foi

Tenho vontade de dizer-te coisas
Mas as palavras nada têm a dizer
Quando o amor grita em meu peito.
Sinto saudades do tempo que passei ao teu lado.
Saudades também de quando deveria estar ao teu lado,
Mas estava só em pensamento.
Hoje substituo em minhas lembranças
Cada momento em que não te conheci
E em que não trocamos carícias
Por momentos que não existiram
Mas que de tão agradáveis
Sinto que vivi cada segundo.
Torna-se quase obsessivo
O desejo de trocar a vida que tive
Por anos inteiros vividos contigo
E a única maneira que encontrei
Foi nascer com este amor,
Nascer no momento em que trocamos
As primeiras palavras de amor,
E crescer com ele
Até que eu atinja a eternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *