expectativas

há quem espere da poesia apenas rimas.
poesia é mais para o analfabeto que sente
do que para o letrado que mente.

há quem espere da poesia finais felizes.
um beijo, um amor, a beleza das capas de revista.
mas na morte também há beleza,
assim como na tristeza.

há quem espere do amor poesia.
mas o amor não doa palavras,
apenas consome nossos dias
e traz mais leveza à rotina.

há quem espere de mim poesia.
mas as rimas que saem
são só ironia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *