eu sei o porquê

eu sei que te amo quando sua voz percorre
e me diz que me quer com urgência.
pelo calor de seus lábios quando me aquecem
nas noites quentes em que sinto frio.

eu sei que te amo pelo arrepio que me causa
quando estamos em completo desatino.
pelo silêncio de ternura quando me olha
nessa tanta saudade em dor latente.

eu sei que te amo pelas horas difíceis juntos
quando a distância é o insuportável cotidiano.
por ter a exata noção do que sente,
mesmo que não saiba onde está exatamente.

eu sei que te amo em verdade ímpar
sem plural sem sinônimo sem homônimo.
porque não há beleza maior
do que o seu simples ofegar.

eu sei que te amo porque enfim encontrei
a intensidade que tenho do lado de lá.
porque nessa vida me perdi de mim
para me encontrar em você.

eu sei que te amo porque a entrega incessante
é presente constante, num agora de hoje em diante.
porque passo a vida a dizer que sei que te amo
e agora você sabe o porquê.

3 Comments

  1. Puxa…sem comentários. Ou melhor…como o amor é intenso, sentido…que só a gente sabe…mas que todos se encantam infinitamente…simplesmente.
    Inspiração é o amor…ser…querer viver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *