Escrevendo e gerundiando

Escrevendo ando indo
Em vindo infindo pensando
Sentindo tudo portanto
Amando tanto e fingindo.
Escrevendo ando ando
Andando não mais, correndo
De muito mais medo enchendo
O peito de quem me segue amando.
Escrevendo indo indo
Indo tanto, já não correndo
Por tudo isso estar morrendo
Com eles todos a mim sorrindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *