3 Comments

  1. Fiquei impressionado com suas contruções.
    Há charme em seu modo de escrever!
    Beijos estralados!
    Fato, como já disse antes:
    Pessoa criativa e expressiva!
    Sua descrição de si – sensacional!
    Como é bom conhecer pessoas ímpares!

    Demis LIma

  2. Oi! O amor é perene, sabemos. Mas há mesmo um ápice, um momento único, em que “toda a expressão de amor seria insuficiente para mostrar”, como você diz. Não sei se há nomenclatura para esse sentir, mas a definição você encontrou neste texto. Genial! Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *