#contoacontagotas #4

Abri os olhos e levantei a cabeça. Dei de cara com as duas me fitando no escuro, como quem espia um acidente. Como quem vela um morto. Desisti de dormir depois da cena. Levantei fui ao banheiro fiz xixi e voltei. Uma já tinha saído com a feição decepcionada de quem queria enterrar alguém, mas não tinha terra suficiente. A outra ficou. De novo, acomodei a cabeça no travesseiro. Fora os rins, um peso a mais: ela, desenganada, novamente se debruçou sobre meu peito. Eu dormi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *